Jersey Brasil ocupa cadeira na Câmara Setorial do Leite do Ministério da Agricultura em Brasília.

A partir de 2019 a Associação dos Criadores de Gado Jersey do Brasil passa a ocupar uma cadeira com direito a voto na Câmara Setorial do Leite do Ministério da Agricultura em Brasília. O titular será nosso tesoureiro, Cristiano Nogueira de Campos e seu suplente o presidente da Jersey Brasil, Nelci José Pedroso Mainardes.

As Câmaras setoriais são responsáveis por elaborar e ajudar a Ministra da Agricultura a tomar decisões quanto a regulamentação das políticas do setor, desde a produção até a industrialização e comercialização. É formada por representantes dos produtores, indústria de apoio como ração e medicamentos, governo, transportes, cooperativas, comércio, laticínios e trabalhadores rurais.

A Jersey Brasil conseguiu uma cadeira permanente na Câmara Setorial do Leite, graças ao empenho e dedicação do presidente da Abraleite, Geraldo Borges, que pleiteou e conseguiu com o ex ministro Blairo Maggi o aumento do número de participantes nessa câmara, abrindo assim espaço para a Abraleite, Jersey Brasil, Holandesa, Búfalos e Gir leiteiro. Esse pleito foi para que os produtores, representados por essas instituições possam ter sua representatividade melhorada na Câmara, haja visto que a mesma é dominada pelos interesses da indústria.

Dentre os temas pautados na reunião do dia 19/03, foram discutidas:

Alterações na IN 76 e 77/2018 para qualidade do leite; rótulos de produtos veganos que se auto intitulam “leite”, sugerindo ao MAPA que obrigue esses produtos a não colocar no rótulo a palavra leite ou queijo ou qualquer outro derivado de lácteos; apresentação, discussão e definição de ações sobre do Plano de Melhoria da Competitividade do Leite – MAPA; criação de um grupo de trabalho para discussão e apresentação a ministra de um plano de desoneração tributária sobre o setor leiteiro para aumentar a competitividade deste.